Um papo sobre futuro

Finalmente chegamos ao final de 2021, e sempre quando chega essa época do ano, estamos em um processo de fazer o balanço do que foi feito até o momento, para planejarmos o que será feito no ano seguinte.
No empreendedorismo, sabemos que para o bom funcionamento de um negócio é preciso planejar previamente as ações, porém, tamanha foi minha surpresa, ao colocar uma pesquisa nas redes sociais recentemente, perguntando se os empreendedores haviam feito o planejamento para 2022, e a maioria esmagadora disse que não fez.

Como monetizar minha ideia?

“Como monetizar minha ideia?”, é uma pergunta recorrente entre pessoas que estão lançando uma nova ideia no mercado.
Claro que todos nós, gostaríamos de ter ideias únicas e geniais para causarmos um grande impacto no mundo, recebendo por isso. No entanto, você já parou para pensar, que antes de ser uma GRANDE ideia, ela era apenas um rascunho, apenas algo que estava no imaginário do idealizador?

Vinho e prosa. Elas se encontraram

Bruna, Joana, Raquel e Letícia, são mulheres empreendedoras, com desafios diários nos negócios e em suas vidas pessoais, mas quando se encontram, mesmo que virtualmente, conseguem liberar as frustrações, expandir a visão e rir, rir muito de suas experiências.
Era uma segunda-feira, a semana estava apenas começando, quando Bruna, decidida a abrir mão do trabalho CLT, mas precisando de um apoio das amigas, as chamou no grupo de whatsapp, para falar sobre sua decisão.

Diário de uma Empreendedora: Raquel, cansada de alta produtividade

Enquanto tenho que estudar, trabalhar, ter um número grande de clientes, ser reconhecida no mercado, me manter sempre atualizada, preciso também, fazer terapia, entender quem sou, ter uma excelente alimentação, praticar exercícios físicos diários, viajar constantemente, ter férias previamente organizadas, não trabalhar nos fins de semana e pós-expediente, ter rotina com a família, ter um pet e respirar.
Isso tudo, tem me deixado angustiada, sinto uma pressão absurda no peito, então, os sabidos costumam indicar que eu vá fazer uma massagem, procurar por aromaterapia ou cromoterapia para aliviar essa tensão, mas o que penso é: mais uma coisa para fazer? Quando vou simplesmente parar e respirar? Quando vou conseguir não fazer nada?

A pior aluna de português lançou dois livros.

Lembro da primeira nota vermelha em português, em uma época que tirava dez em tudo, foi horrível ver aquela nota destoando do meu boletim escolar.  Dias depois, minha mãe recebeu o primeiro recado no caderninho de recados, em que a professora dizia que “sua filha” era inteligente e estudiosa, mas falava demais. Pensei comigo: “isso …