Quantas aulas você consegue dar por mês?

Quantas consultas pode fazer em uma semana?

Quantos produtos você consegue produzir por dia?

Atrelado aos afazeres de produção, quanto tempo você precisa para:

  • se dedicar para produzir aulas;
  • se manter atualizado;
  • desenvolver atividades relacionadas ao administrativo e financeiro;
  • gravar vídeos;
  • fazer postagens nas redes sociais e;
  • atender seu cliente?

Talvez você jamais tenha parado a sua rotina para analisar esses pontos, mas saiba que eles podem ser fatores determinantes no momento de desenhar a estratégia do seu negócio.

Vejo muitos empreendedores dizerem que querem vender seus produtos por um valor acessível, todavia, ignoram o fato que para isso acontecer, precisarão vender um volume alto, pois se não for assim, eles não conseguirão manter o fluxo de caixa equilíbrio, entre entradas e saídas.

Então, dependendo da capacidade produtiva do negócio, eles somente poderão seguir na estratégia de diferenciação, em que os produtos se destacam no mercado por suas características “diferenciadas”, com poucos concorrentes e alto valor agregado, desta maneira, o preço final também será maior e o volume de vendas menor. Não sobrecarregando assim, a produção, ou seja, o próprio empreendedor.

Outra coisa que me chama atenção, é o fato de cada vez mais, assistirmos cursos e palestras falando como deveríamos focar mais em vendas, ao invés da operação do negócio, mas, não trazendo a reflexão se poderemos atender todas as demandas que surgirão destas ações.

Uma coisa que aprendi assim que comecei a trabalhar na consultoria, é que não podemos focar todo nosso tempo em vendas, enquanto não tivermos o alicerce bem construído, isto é, com todos os processos pré-definidos e claros, para crescermos com tranquilidade, sem grandes surpresas. 

Acredite, vi vários negócios fechando mesmo vendendo muito no mês, pois tiveram problemas com a gestão do fluxo de caixa, não entregaram produtos no prazo acordado, pecaram no atendimento por estarem ansiosos para atender todas as demandas, o que gerou uma grande insatisfação nos clientes. E você já deve saber que um cliente insatisfeito, deixa de comprar de você e ainda o expõe para outros possíveis clientes, repassando a experiência negativa que tiveram com o seu negócio.

O que quero lhe dizer com essa exposição, é que precisamos ser coerentes o tempo todo, elaborando o modelo do negócio conforme o que podemos realmente entregar para o cliente final.

Imagine se você tiver um produto que demora para ser produzido, sendo vendido por um preço de venda extremamente competitivo, chamando atenção das pessoas, gerando vendas e mais vendas, no entanto, você começa a se sentir ansioso para entregar esses pedidos, mas percebe que não conseguirá produzir nessa quantidade estando sozinho. 

Então, você pode até pensar: vou contratar alguém para me ajudar. Mas, agora, lembra-se também, que na precificação do seu produto, você não incluiu o pagamento do salário desta pessoa, e para contratá-lo, você não poderá simplesmente aumentar o preço de venda, porque o mercado já sabe quanto você cobra. No entanto, se você o contratar terá que absorver este custo sozinho, e, nessa altura o saldo começará a ficar cada vez mais negativo, os prazos correrão e você ficará cada vez mais perdido.

Parece uma situação angustiante para você? 

Infelizmente essa é a realidade de vários negócios.

A falta de clareza e de visão sistêmica do empreendedor na definição de sua estratégia, pode colocar tudo a perder.

Se eu posso te dar aqui um conselho, é que compreenda qual é a capacidade produtiva do seu negócio, envolvendo todas as atividades relacionadas e não tão relacionadas assim, com a produção, para você conseguir perceber em qual estratégia poderá seguir, seja ela na diferenciação, ou na estratégia de custos (preço baixo). 

Não que uma estratégia seja melhor que outra, o fato, é que devemos definir aquela que mais seja pareada com o nosso negócio.

Me diga, qual é a estratégia do seu negócio agora?

Publicado por Elisangela Baptista

Ama viagens, lama, trilhas e outras aventuras. Consultora e mentora estratégica em negócios. Aspirante à Escritora. Educadora em Empreendedorismo. Palestrante. Atua na área desde 2004.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: