Empreender depois dos 60 anos

Empreender já parece um bicho de sete cabeças, pois exige que o empreendedor esteja antenado com o que acontece no mercado, desenvolva habilidades que antes não lhe passava pela cabeça, e, ainda, se ele trabalha sozinho, é necessário ser multifuncional, com várias tarefas atribuídas sem que necessariamente ele conheça ou domine esta área.

Agora, imagina para aqueles que decidem empreender após os 60 anos?

Não são apenas os desafios relacionados ao empreendedorismo que essa pessoa enfrenta, mas também diversos pré-conceitos estabelecidos em relação à idade madura e à vida ativa. São muitos tabus para serem vencidos!

Certa vez, conversei com uma professora de artesanato que ainda trabalhava como CLT em uma universidade da região, ela me explicou que lá existia um programa para preparar as pessoas para aposentadoria. Neste programa, eram apresentadas diversas atividades em que a pessoa poderia estudar e se aprofundar, para tentar dar continuidade após a aposentadoria, a intenção era que as pessoas ainda continuassem ativas no mercado, com novas profissões, transformando o que era apenas hobby em um pequeno negócio. A real motivação era para que estas pessoas não sentissem um vazio e não alimentassem nenhum tipo de senso de inutilidade, que são sentimentos comuns nesta faixa etária. Achei este projeto bárbaro! Depois dessa universidade, vi que algumas empresas também estão começando a adotar iniciativas desta natureza.

Quando uma pessoa após os 60 anos decide empreender, seja por necessidade financeira, ou pela paixão, ela precisa aprender muitas coisas, que, por anos, para ela, foram coisas completamente desconhecidas. Ela terá que olhar para si, entender o que a faz feliz, se libertar do que ela entendia como certo, que eram as carreiras convencionais, perceber que poderá fazer algo diferente de tudo o que havia feito, além, é claro, entender se o seu corpo e sua mente podem não estar mais tão ativos como eram antes; deverá ter um auto respeito muito grande. Assim como ter o respeito das pessoas que a cercam, como familiares e amigos, que, por vezes, ao tentar poupá-los, podem desestimular um sonho antigo.

Já tive, e tenho ainda, algumas clientes nessa faixa etária. Percebo nelas que a pressa é outra, a autocobrança também, não é a mesma do jovem ansioso, mas ela existe, pois, como a pressão da sociedade é grande, é como se tivessem que provar para alguém, que ela ainda tem capacidade de fazer algo útil.

O que sempre indico para as pessoas que ainda trabalham e que desejam ter o seu próprio negócio após aposentadoria, é que se preparem com calma, estudem as possibilidades de negócio que poderão ter, façam um estudo financeiro para entender o quanto de dinheiro deverá ser investido de cara, para que essa transição seja o mais tranquila possível, para que, no momento em que forem empreender, não seja mais necessário fazer aportes de capital, ou seja, tirar o dinheiro da aposentadoria ou aplicações para investir nesse negócio.

Claro que não existem apenas pessoas aposentadas que decidem empreender, há aquelas que decidem montar um negócio, para ter a sua própria renda, para sair de um emprego que não faz mais sentido ou para se reinventar, mas a preparação não muda, o que poderá mudar é que, às vezes, o dinheiro que será investido, será de um familiar.

Em geral, o importante, para empreender nesta idade, é ter calma, se respeitar, não se cobrar demasiadamente, depois de ter vivido e aprendido tantas coisas na vida, é hora de fazer as coisas em um ritmo desacelerado. A ansiedade, fúria e pressa do jovem, agora pode ser transformado em tranquilidade e paz.

Publicado por Elisangela Baptista

MBA em Gestão Empresarial pela FGV • Graduada em Administração • Técnica em Atendimento Varejo. Trabalha há 15 anos na área Administrativa, nos últimos 5 anos focada em consultoria estratégia em negócios, atua no desenvolvimento de pequenos e médios empreendedores. Já passou por mais de 90 empresas de Campinas e região. Gosta dos pés no chão, empreender de maneira consciente, respeitando a pessoa que existe atrás de cada negócio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: